Informações Rotárias

OBJETIVO:

O Objetivo do Rotary é estimular e fomentar o Ideal de Servir como base de todo empreendimento digno, promovendo e apoiando :

PRIMEIRO: O desenvolvimento do companheirismo como elemento capaz de proporcionar oportunidades de servir;

SEGUNDO: O reconhecimento do mérito de toda ocupação útil e a difusão das normas de ética profissional;

TERCEIRO: A melhoria da comunidade pela conduta exemplar de cada um na sua vida pública e privada; e

QUARTO: A aproximação dos profissioanais de todo o mundo, visando a consolidação das boas relações, da cooperação e da paz entre as nações.

 

LEMA DO ROTARY:

O lema oficial é "Dar de Si Antes de Pensar em Si". Outros são: "Mais se Beneficia Quem Melhor Serve", "Cada Rotariano um Exemplo para a Juventude", "Respeito pelo Lugar de Trabalho"

 

PROVA QUÁDRUPLA:

Do que nós pensamos, dizemos ou fazemos:

1.  É a VERDADE? 
2.  É JUSTO para  todos os interessados? 
3.  Criará BOA VONTADE e MELHORES AMIZADES? 
4.  Será BENEFÍCIO para todo os interessados?

 

FUNDAÇÃO ROTÁRIA:

A Fundação Rotária converte suas contribuições em projetos que transformam a vida de pessoas no mundo todo. Como braço beneficente do Rotary, contamos com uma rede global de rotarianos que investem seu tempo, dinheiro e conhecimento em , como  e . Com os  da Fundação, os rotarianos podem enfrentar desafios como a pobreza, o analfabetismo e a subnutrição por meio de soluções sustentáveis de impacto duradouro. Com uma sólida , uma excelente  e um  exclusivo, nós aproveitamos ao máximo suas contribuições.  e nos ajude a fazer a diferença! 

Download de Documentos para Projetos

 

 

DECLARAÇÃO PARA EXECUTIVOS E PROFISSIONAIS ROTARIANOS:

Em 1989, o conselho de legislação adotou a seguinte declaração para executivos e profissionais rotarianos :

Como rotariano, no exercício de minha profissão ou na condução de meus negócios, devo observar as seguintes normas : 

1. considerar minha ocupação como uma oportunidade adicional para servir; 

2. ser fiel à letra e ao espírito do código de ética de minha ocupação, às leis de meu país e ao padrão moral de minha comunidade; 

3. fazer todo o possível para dignificar a minha ocupação e promover os mais altos padrões éticos no exercício da mesma; 

4. ser justo com meu empregador, empregado,associados, concorrentes, clientes, o público e todos aqueles com os quais mantenho um relacionamento comercial ou profissional; 

5. reconhecer o respeito devido a todas as ocupações úteis `a sociedade, assim como a dignidade inerentes às mesmas; 

6. oferecer os meus conhecimentos profissionais para propiciar oportunidades aos jovens, para entender as necessidades especiais de outros e melhorar a qualidade de vida de minha comunidade;

7. ser honesto na propaganda que fizer e em todas as apresentações ao público relativas à minha empresa ou profissão; e 

8. não procurar obter de um rotariano, nem lhe outorgar, um privilégio ou uma vantagem que não sejam normalmente concedidos num relacionamento comercial ou profissional. 

 

BIOGRAFIA DE PAUL PERCY HARRIS:

Nasceu em Racine, Wisconsin, EUA, no dia 19 de abril de 1868, bacharelou-se em Direito pela Universidade de Iowa, doutorou-se pela Universidade de Vermont em 1933.

 Foi agraciado com o prêmio "Silver Buffalo", pela Organização dos Governos do Chile, República Dominicana, França, Peru e Brasil.

 Uma variada gama de trabalhos, tais como sua atividade como ator, vaqueiro, repórter de jornal, professor universitário, representante de uma companhia de comércio de mármores e granitos na Europa e em grande parte nos Estados Unidos, proporcionou-lhe uma visão mais ampla do mundo, o que contribui, mais tarde para a expansão do Rotary.

 Em 1886, transfere-se para Chicago. Em 1900, acompanha um amigo, também advogado, numa série de visitas a comerciantes, amigos deles. Os laços que uniam os amigos comerciantes impressionou tanto Paul Harris que este resolveu organizar um clube para reunir homens de negócios e profissionais num elo de companheirismo e amizade.

 A idéia só vingaria realmente em 1905, quando se reuniu a Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus E. Loehr, engenheiro de minas, e Hiran Shorey, alfaite. O núcleo basilar para o Rotary Club realizou sua primeira reunião em 23 de fevereiro de 1905. A semente do clube, que posteriormente se espalhou pelo mundo todo, foi denominada Rotary em função de que seus sócios se reuniam em seus respectivos lugares de negócios, em rodízio. A idéia foi bem aceita por todos, pois viam no Rotary a possibilidade de reviverem o mesmo tipo de amizade comum nas cidades pequenas, de onde a maioria dos membros proviam.

 Desenvolveu-se rapidamente o Rotary Club e no terceiro ano de existência eleito Presidente, resolve levar o movimento rotário a outras cidades. O segundo segmento do Rotary nasceu em São Francisco (EUA) em 1908. Em 1910 já existiam 16 clubes de serviços e pensou-se então na possibilidade de estender o movimento a outras cidades, bem como congregar os clubes existentes em uma só Organização Nacional dos Rotary Clubs.

 O movimento propagou-se para o exterior e surgiram clubes no Canadá e na Inglaterra, o que provocou a mudança de denominação para Associação Internacional de Rotary Clubs, em 1912. Em 1922, o nome sofreu uma abreviação para Rotary International.

 Paul Harris não só se destacou na sua atuação frente ao Rotary, mas também por sua dedicação frente a outra causas, cívicas, sociais e profissionais. Foi diretor-presidente da Sociedade Internacional em Prol de Crianças e Adultos Deficientes,membro do Conselho dos Advogados de Chicago, representante desta ordem no Congresso Internacional de Direito de Haia e membro da Comissão da Ordem dos Advogados do Estados Unidos. Entre outras condecorações no mundo inteiro, recebeu a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, do Governo Brasileiro. Em 1910, com 42 anos, casou-se com a escocesa Jean Thomson.

 Paul Harris faleceu em Chicago, aos 79 anos de idade, no dia 27 de janeiro de 1947, sem deixar descendentes.

 No seu livro " Meu caminho para Rotary" Paul Harris escreveu : " Rotary é uma força integrada dentro de um mundo em que prevalecem fatores de desintegração; é um microcosmo de um mundo para a paz, um paradigma a ser seguido por todos os povos". E mais a frente : "A amizade é a pedra fundamental sobre a qual Rotary está edificado e a tolerância é o cimento que une os seus homens".

 

DIA NACIONAL DO ROTARY (Lei Federal nº 6.843):

O Presidente da República:

Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Artigo 1º  - Fica instituído e Dia Nacional do Rotary a ser comemorado em 23 de Fevereiro.

Artigo 2º - Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação.

Artigo 3° - Revogam-se as disposições em contrário.

Brasília, 03 de novembro de 1980. 
João Batista Figueiredo, Presidente da República

 

INSTITUIÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA, FEDERAL  (Lei Federal nº 5.575):

Artigo 1º - São reconhecidas de utilidade pública os “Lions Clubes do Brasil” e o “Rotary Clubs do Brasil” e todas as suas unidades no país filiado, respectivamente, à associação internacional.

Parágrafo Único – A declaração de utilidade pública alcança, também as sociedades “Casas da Amizade” constituída pelas esposas dos integrantes dos Rotary Clubs do Brasil e dedicados à prática de assistência aos desvalidos.

Artigo 2º - O Poder Executivo regulamentará a presente dentro de 60 (sessenta) dias de sua publicação.

Artigo 3º - Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Artigo 4º - Revogam-se as disposições em contrário. 

Brasília, 16 de dezembro de 1969 
Emílio G. Médice, Presidente da República

 

INSTITUIÇÃO DE UTILIDADE PÚBLICA, ESTADUAL  (Lei Estadual nº 9.525):

Reconhece de utilidade pública as entidades que especifica e dá outras providências

O GOVERNADOR DO ESTADO DE SÃO PAULO

Faço saver que a Assembléia Legislativa decreta e eu promulgo a seguinte lei:

Artigo 1º - São reconhecidos de utilidade pública os "Lions Clubs do Brasil" e os "Rotary Clubs do Brasil" e todas as suas unidades existentes no Estado, Sociedades Civís, sem fins lucrativos, com prazo de duração indeterminado e filiados, respectivamente, à Associação Internacional dos Lions Clubs e Rotary International.

Parágrafo único - O reconhecimento de utilidade pública alcança também as Sociedades "Casa da Amizade", constituida pelas esposas dos integrantes dos "Rotary Clubs do Brasil", e dedicadas à prática de assistência aos desvalidos.

Artigo 2º - A efetivação da declaração de utilidade pública das unidades do "Lions Clubs do Brasil" e do "Rotary Club de Brasil", sediadas no Estado de São Paulo, fica condiconada à apresentação dos documentos exigidos pela Lei nº 2.574, de 04 de dezembro de 1980, junto ao órgão estadual competente.

Artigo 3º - o O Poder Executivo regulamentará o disposto nesta lei no prazo de 60 dias a partir da data de sua publicação.

Artigo 4º - Esta lei entrará em vigor na data de sua publicação.

Palácio dos Bandeirantes, 17 de abril 1997 
Mário Covas 
Governador do Estado de São Paulo

 

PRESIDENTES DO ROTARY INTERNACIONAIS E LEMAS DOS ANOS ROTÁRIOS:

1910-11 PAUL HARRIS (EUA) 
1911-12 PAUL HARRIS (EUA) 
1912-13 GLENN C. MEND (EUA) 
1913-14 RUSSEL F. FREINER (EUA) 
1914-15 FRANK L. MULHOLLAND (EUA) 
1915-16 ALLEN D. ALBERT (EUA) 
1916-17 ARCH C. KLUMPH (EUA) 
1917-18 E. LESLIE PIDGEON (CANADÁ) 
1918-19 JOHN POOLE (EUA) 
1919-20 ALBERT C. ADAMS (EUA) 
1920-21 ESTES SNEDCOR (EUA) 
1921-22 CRAFORD C. MACCULOG (CANADÁ) 
1922-23 RAYMOND M. HAVENS (EUA) 
1923-24 GUY GUNDAKER (EUA) 
1924-25 EVERETT W. HILL (EUA) 
1925-26 DONALDO A. ADAMS (EUA) 
1926-27 HARRUY H. ROGERS (EUA) 
1927-28 ARTHUR H. SAPP (EUA) 
1928-29 I.B. TOM SUTTON(MÉXICO) 
1929-30 M. EUGENE NEWSOM (EUA) 
1930-31 ALMON E. ROTH (EUA) 
1931-32 SIDNEY W. PASCALL (INGLATERRA)  
1932-33 CLINTON P. ANDERSON (EUA) 
1933-34 JOHN NELSON (CANADÁ) 
1934-35 ROBERT E. LEE HILL (EUA) 
1935-36 ED. R. JOHSN (EUA) 
1936-37 WILL R. MANIER JR. (EUA) 
1937-38 MAURICE DUPERREY (FRANÇA) 
1938-39 GEORGE C. HAGER (EUA) 
1939-40 WALTER D. HEAD (EUA) 
1940--41 ARMANDO ARRUDA PEREIRA (BRASIL) 
1941-42 TOM J. DAVIS (EUA) 
1942-43 FERNANDO CARBAJEL (PERU) 
1943-44 CHARLES L. WHEELER (EUA) 
1944-45 RICHARD H. WELLS (EUA) 
1945-46 T. A. WARREN (INGLATERRA) 
1946-47 RICHARD C. HEDKE (EUA) 
1947-48 S. KENDRICK GUEMSEY (EUA) 
1948-49 ANGUS S. MITCHELL (AUSTRÁLIA) 
1949-50 PERCY HODGON(EUA) 
1950-51 ARTHUR LAGVEUX (CNADÁ) 
1951-52 FRANK E. SPAIN (EUA) 
1952-53 H. J. BRUNNIER (EUA) 
1953-54 JOAQUIM S, SIBILIS (URUGUAI) 
1954-55 HERBERT J. TAYLOR (EUA)

1955-56 A. Z. BAKER (EUA)  
- Desenvolvamos Nossos Recursos

1956-57 GIAN PAOLO LANG (ITÁLIA) 
- Mais Rotary nos Rotarianos

1957-58 CHARLES G. TENNENT (EUA)  
- Servir

1958-59 CLIFFORD A. RANDALL (EUA)  

 

PRESIDENTES  BRASILEIROS DO ROTARY INTERNACIONAL:

1940-41 ARMANDO ARRUDA PEREIRA (SÃO PAULO) 
1975-76 ERNESTO INBASSAY DE MELLO (RIO DE JANEIRO) 
1990-91 PAULO VIRIATO CORREA DA COSTA (SANTOS)

 

DIRETORES BRASILEIROS DO ROTARY INTERNACIONAL:

1931-32 MIGUEL ARROJADO LISBOA (RIO DE JANEIRO) 
1937-38 ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA (SÃO PAULO) 
1947-49 LAURO BORBA (RECIFE) 
1954-56 ERNESTO IMBASSAY DE MELLO (RIO DE JANEIRO) 
1966-68 RAIMUNDO DE OLIVEIRA FILHO (RECIFE) 
1973-74 WALTER KOCH (PORTO ALEGRE) 
1975-77 ALBERTO PIRES AMARANTE (RIO DE JANEIRO) 
1978-80 PAULO VIRIATO CORREA DA COSTA (SANTOS) 
1980-82 ARCHIMEDES THEODORO (BELO HORIZONTE) 
1983-85 GUIDO ARZUA (CURITIBA) 
1985-87 MÁRIO DE OLIVEIRA ANTONINO (RECIFE) 
1988-90 JÃO LAURO KLIEMAN (PORTO ALEGRE) 
1990-92 GENIVAL DE ALMEIDA SANTOS (RIO DE JANEIRO) 
1993-95 GERSON GONÇALVES (LONDRINA NORTE) 
1995-97 JOSÉ ALFREDO PRETONI (SÃO PAULO-SUL) 
1999-01 HIPÓLITO SÉRGIO FERREIRA (BELO HORIZONTE) 
2001-03 ALCEU ÂNTIMO VEZOZZO (CURITIBA) 
2003-05 LUIZ COELHO DE OLIVEIRA ( LIMEIRA-SUL) 
2007-09 TEMISTOCLES A. CALDAS PINHO (NITERÓI) 
2009-11 ANTONIO HALLAGE ( CURITIBA-LESTE)
2011-13 JOSÉ ANTONIO FIGUEIREDO ANTIÓRIO ( OSASCO)